Meus Assuntos
Ir para o topo
Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compatilhar em outra redeSocial
Projeto de Identidade Visual
Empresariando
Equipe
Joseph Nabil, Mateus Barbosa Martins
Orientador(es)
Heli Meurer, James Brum
25 de Janeiro de 2019
Empresariando

Contextualização

Definindo o Tema

Cards de ideias

Tivemos algumas ideias em diferentes segmentos, mas ao mesmo tempo exploramos o segmento de Hortifrúti para outras áreas de negócio, acoplando a tecnologia de vendas de um site de e-commerce.


Agrupamento dos cards

Nesta etapa percebemos que um card de treinamento e capacitação com o foco no atendimento seria importante estar ligado à ideia principal, contemplando três qualidades que entendemos ser importante para o negócio: produto, atendimento e personalização.


Escolha do grupo

Escolhemos o grupo de segmento de Hortifrúti por ser uma proposta de ideia que têm mercado para ser explorada, onde muitos consumidores não possuem o conhecimento para escolha de uma fruta ou verdura, sendo assim, nós entregaríamos um produto selecionado de qualidade, com um atendimento personalizado, com a possibilidade de criação de franquia, tendo em vista que queremos construir uma forte fonte de treinamento para a construção de marca que preza pela qualidade do produto ao atendimento.

 cartoes para o projeto-01.jpg

Sobre a Empresa

1. Ramo de atuação

Hortifrúti, comercialização de frutas e verduras, linha de produtos selecionados e com altíssima qualidade.

2. Público alvo

Pessoas com pouco tempo livre no dia a dia, que buscam produtos de qualidade para uma alimentação saudável e que possuem acesso à tecnologia e estão dispostos a pagar por produtos de qualidade e um serviço de ponta, ágil e eficaz. Pessoas que buscam comodidade e praticidade.

3. Segmento

Pessoas preocupadas com a sua saúde, sem muito tempo, pessoas que recebem acompanhamento médico, ou acompanhamento de personal(academia), pessoas que querem mudar o estilo de vida.

4. Posicionamento

Comodidade, personalização, qualidade do produto e serviço.

Naming para a empresa

20180926_213232.jpg

Link para visualizar em maior resolução

O Mapa conceitual foi criado a partir da ideia central de mercado, que seria o comércio de Hortifrúti, que é a palavra chave de nossa descrição, e de um posicionamento voltado à Qualidade dos produtos.

A partir disso, nasceram diversas ramificações do assunto, e dessa forma, acabamos criando uma outra visão sobre o conjunto. Com tais ramificações, a facilidade de encontrar palavras "chave" para potenciais nomes foi infinitamente mais simples. 

Na imagem, é possível visualizar os termos selecionados e o que mais nos chamou atenção foi o "Semente", que nos dá ideia de nascimento, início se um ciclo. No entanto, ainda não decidimos qual destes termos será o escolhido, amanhã ou depois podemos ter outras ideias para alimentar ainda mais esse mapa, e posteriormente criar algo ainda mais elaborado. Ou podemos focar nossos esforços para melhorar o que já está pré-selecionado, para torná-lo mais atrativo e usual. 

 

DESCRITIVO:

Untitled Diagram.png

 PALAVRAS DESTACADAS:

  • Semente
  • Sabores
  • Saúde
  • Riqueza
  • Tempero

POSICIONAMENTO:

 Untitled Diagram2.png

PALAVRAS DESTACADAS:

  • Bom atendimento
  • Empatia
  • Todo lugar
  • Cuidado

DEFINIÇÃO DO NOME:

Depois de algumas analises extras no mapa, resolvemos dar atenção a outras palavras-chave que circulamos e ponderamos até trocar algumas delas e também adicionar outras, no entanto, voltamos nossas atenções à palavra "Sabores", que nos fez imaginar as sensações que as frutas nos trariam. A partir disso, imaginamos uma "continuação" para a opção "sabores". E, depois de algum tempo pensando sobre, concluímos que a nossa identidade se chamará Sabor de Fruta.

Empresariando

Indentidade - Sketches

Atributos (palavras-chaves)

Aqui, com o auxílio dos moodboards, expressões locais (do Rio Grande do Sul), e da própria experiência no ato de consumir o produto o qual o projeto se trata, chegamos aos estras palavras-chave. Também fomos ao nosso outro lado da ideia, que era o de garantir qualidade e personalidade ao produto, e encontramos mais palavras-chave que descrevem bem o conceito da marca.

Frutas:

  1. Doce
  2. Sabor
  3. Suco
  4. Estação
  5. "Lagartear"
  6. Cores
  7. Árvore

Qualidade:

  1. Atendimento
  2. Produto
  3. Certeza
  4. Cuidado
  5. Higiene
  6. Logística

Personalização:

  1. Diferente
  2. Inovador
  3. Pessoal/Íntimo
  4. Poder
  5. Agradável

Moodboards (painéis semânticos)

Buscamos representar valores e conceitos através de painéis semânticos, para que se tenha uma visão mais abrangente da marca e assim permitir relacionar o contexto com os valores que queremos imprimir, tanto no logotipo como na comunicação com o cliente, conforme palavras-chaves relacionadas abaixo.

Frutas:

  1. Doce
  2. Sabor
  3. Suco
  4. Estação
  5. "Lagartear"
  6. Cores
  7. Árvore

Qualidade:

  1. Atendimento
  2. Produto
  3. Certeza
  4. Cuidado
  5. Higiene
  6. Logística

Personalização:

  1. Diferente
  2. Inovador
  3. Pessoal/Íntimo
  4. Poder
  5. Agradável

moodboar.jpg

moodboard.jpg

Esboços Preliminares (Sketches)

Os sketches foram feitos a partir da ideia extraída durante o exercício do tópico de definição da forma, onde exploramos a ideia dos formatos quase perfeitos das frutas. Porém, como dito na descrição da atividade no tópico citado, frutas não são perfeitas em suas formas, ou seja, possuem irregularidades que variam de uma para outra, e, pensando nisso, criamos uma linha evolutiva durante os sketches que vão desde a ideia da fruta perfeita, até a ideia da mesma porém com irregularidades em seu desenho. também utilizamos hachuras para texturizar e diferenciar umas das outras. Além disso, trouxemos formas com ângulos retos, buscando fazer uma alusão às caixas onde as frutas são transportadas.

sketch.jpg

Seleção de opções

A partir de esboços dos principais produtos de hortifrúti no mercado, principalmente de frutas e legumes, e assim surgiu desenhos de frutas que se encaixavam muito bem como simbolo no nome da empresa(Sabor de Fruta).

As principais escolhas foram a Laranja, Morango e o Abacaxi, este último que por fim acabaria sendo escolhido para ser melhor explorado.

upload181024115828.jpg

upload181024115830.jpg

Escolha das formas básicas

formas.png

Ao visualizar as frutas e verduras no geral, podemos observar que as mesmas possuem formas bastante definidas, no entanto, ao olhar mais de perto, com atenção (as vezes nem é preciso tanto), percebemos que elas não possuem uma forma totalmente simétrica, ou seja, você vê uma laranja e pensa em uma esfera, mas ela possui deformações ao longo de sua superfície que, ao observar com atenção, temos suas silhuetas "deformadas" mais definidas.

Ao observar a forma com que as frutas e verduras são transportadas, encontramos outras formas básicas na composição visual: quadrados, retângulos, triângulos, etc. ou seja, não precisamos nos ater apenas à formas que possuem curvas suavizadas. 

Feita esta análise, decidimos que usaremos Círculos, elipses e quadrados com pequenas deformações ao longo da composição, para quebrar a ideia do simétrico e trazer a verdadeira forma da fruta.

moodboard-formas.jpg

Empresariando

Identidade - Geometrização

Construção do símbolo

A partir dos sketches, selecionamos 3, dentre os 50 feitos, para nos debruçarmos e criar as primeiras ideias gráficas sobre o símbolo que almejamos. Nessa etapa, foi feita toda a construção digital dos exemplos abaixo, afim de ao final da etapa, estar definido o sketche que se tornará o símbolo da nossa empresa.

desenho-1.jpg

construcao-simbolo-01.jpg

construcao-simbolo-02.jpg

construcao-simbolo-03.jpg

construcao-simbolo-04.jpg

construcao-simbolo-05.jpg

construcao-simbolo-06.jpg

 

desenho-3.jpg

construcao-simbolo-12.jpg

construcao-simbolo-13.jpg

construcao-simbolo-14.jpg

desenho-2.jpg

construcao-simbolo-08.jpg

construcao-simbolo-09.jpg

construcao-simbolo-10.jpg

logotipo-final-abacaxi-03.jpg

 

Exploração e Escolha Tipográfica do Logotipo

Nesta etapa propomos vários tipos de fontes, sendo que a maioria delas possui apenas a versão regular da fonte, e também buscamos aplicar em caixa alta. Algo que constatamos, o nome por ser muito extenso, será melhor aplicado se quebra-lo em 2 ou 3 linhas, assim o logotipo fica mais próximo do símbolo.

Exploração e Escolha Tipográfica-01.jpg

Uma vez escolhida a fonte que será usada no logo, vamos aos testes, para ver como ele se porta de diferentes formas, cores e estilos.

Exploração e Escolha Tipográfica-02.jpg

Agora que foi decidido o estilo que será aplicado ao logo, hora de definir a sua forma definitiva.

Exploração e Escolha Tipográfica-03.jpg

Logo finalizado! 

Hora de trabalhar a escala do logotipo.

Exploração e Escolha Tipográfica-04.jpg

Normatização e refinamento da assinatura visual (símbolo, logotipo e frase de apoio)

Na parte de Normatização, fizemos as escalas de cada elemento constituinte da identidade.

Todo e qualquer espaçamento, seja ele a distância de um caractere para o outro na tipografia, ou do símbolo para a tipografia. Essa normatização se faz necessária para tornar a identidade mais consistente e simétrica.

 

Normatização-01.jpg

Proporção e espaço de não Interferência

Aqui, fizemos uma síntese do espaço que a identidade visual deveria ocupar nos lugares que fosse vir a ser aplicada, e delimitamos seus espaços de interferência - locais onde qualquer elemento externo que compusesse o local no qual a identidade fosse posta, pudesse adentrar, afim de não comprometer a importância da mesma, além de prejudicar a leitura e poluição visual.

Normatização-02.jpg

Somente o símbolo

Nesta etapa do processo, decidir um símbolo acabou se tornando mais fácil do que imaginávamos, então, como já havíamos realizado sketches usando como base a própria fruta, decidimos usá-la como nosso símbolo.

logotipo-final-abacaxi-03.jpg

logotipo-final-abacaxi-01.jpg

logotipo-final-abacaxi-02.jpg

logotipo-final-abacaxi-04.jpg

logotipo-final-abacaxi-05.jpg

logotipo-final-abacaxi-06.jpg

logotipo-final-abacaxi-07.jpg

Cores da Identidade e Tipografia da Identidade

Nesta etapa, onde tivemos que definitivamente jogar com as cores, usando o que decidimos por base para a identidade, para testar combinações e futuramente, chegar a uma conclusão unânime dentro da dupla sobre qual seria nossa identidade definitiva, optamos por jogar com as cores verde e amarelo, provenientes da própria fruta escolhida, o abacaxi.

Posteriormente a isso, jogamos com as cores estipuladas nas instruções deste projeto, as cores neutras. Tonalidades de cinza, ausência de forma (branco sobre fundo escuro) e Preto.

Cores-01.jpg

Cores-02.jpg

Na tipografia, fizemos uma seleção de diversas fontes que nos agradaram e que julgamos servir muito bem ao propósito da marca. 

Feito isso, fizemos uma super filtragem das opções, chegando a estas duas seleções, onde fizemos os mesmos testes, para decidir qual seria a vencedora.

Ao final disso, optamos pela fonte Fredoka One como tipografia principal, por ser mais volátil ao se lidar com uma identidade que leva uma fruta em seu logo. Como tipografia secundária, a escolhida foi a fonte Open Sans pelos mesmos motivos da primeira, no entanto, a open sans se porta de maneira mais tímida frente à identidade, e por isso, acabou ficando como tipografia secundária.

fontes-01.jpg

Aplicações

Nas aplicações possíveis para o logo, fizemos diversos testes, com tudo o que adquirimos no quesito de identidade. Cada mudança anterior na identidade fez-se necessária para que pudéssemos alcançar um resultado satisfatório que que agradasse aos olhos dos consumidores ao vislumbrarem a nossa identidade nas diversas situações fictícias expostas abaixo.

PSD 10 (Desktop, Laptop, and Tablet).jpg

Plastic Pouch Packaging MockUp.jpg

Cardboard Box PSD MockUp.jpg

15.5 Width x 19 Depth x 14_.5 Height_.jpg

Van Mock Up-edit.jpg

Branding.jpg

T-Shirt Mockup Template.jpg

T-Shirt Mockup Template-green.jpg

Tote-Bag-Fabric-Mockup-Vol4.jpg

Tote-Bag-Fabric-Mockup-Vol4-yellow.jpg

signs-and-billboards-mockup-bundle-free_0004_Ebene-1.jpg

bus-shelter-mockup1.jpg

bus-shelter-mockup2.jpg

Empresariando

Referências Bibliográficas

Recomendadas e Aceitas

Gerais